Vila Beef na Churrascada!! [27/mai/17]

churrascada
Foto: @grambekfineart

Participamos em uma das 22 bancadas de carne da Churrascada Ribeirão Preto neste sábado dia 27/maio.

O evento foi na Fazenda vassoural em Pontal-SP, lugar espetacular.

A Churrascada é um festival de carnes de muito sucesso em São Paulo, regado a muita música boa e cerveja gelada. É um grande evento, promovendo o consumo de carne, por isso apoiamos!

Em nossa bancada foi realizada desossa de suínos e assamos os cortes recém desossados.

Foi muito legal!!Os profissionais que desossaram foram o Alder Lopes (Rei das Carnes) e o belga(!) Hendrik Dierendonck (@dierendonck).

Aprendemos muito ao lado deles!

Fora o público se aglomerando em volta do palco da desossa. Emocionante!!

Agradecemos o convite do Flavio Saldanha (saldanha1707), Gustavo Bottino (@bottino) e Alder Lopes (@reidascarnes) para a Vila Beef participar junto neste belo projeto.

Muito obrigado!

Damos nossos parabéns ao Fred Veloso e Joel Carneiro pelo fornecimento da carne suína VSA (@vsa1817), produto fenomenal.

Foi um prazer conhecer pessoalmente o @magroone mestre da carne suína e o fotógrafo “mago das lentes”  Ivam Gambek (@grambekfineart), todos muito gente boa!

E claro, os companheiros assadores!!! O Adriano comandante (@adrianopedro), Douglas (@artesanalsakata) e o Negrety (@negrety_paulino)!!

WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.33
Família Vila Beef, ou #TeamVilaBeef!!
WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.08
Foto: Zootecnista Tiago Albuquerque de Brito
WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.02
Foto: Zootecnista Tiago Albuquerque de Brito
WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.13
Foto: Zootecnista Tiago Albuquerque de Brito

churrascada2

WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.15
Foto: Zootecnista Tiago Albuquerque de Brito

WhatsApp Image 2017-05-29 at 09.30.33IMG_2760 IMG_2755 IMG_2754 IMG_2753

Vila Beef no Dia de Campo Nelore do Golias!! [20/mai]

Fomos a Araçatuba na Fazenda Água Branca, onde é realizada a seleção genética Nelore do Golias, a convite dos organizadores para comandarmos a bancada da Picanha!

Houve um Dia de Campo e Leilão e o almoço foi preparado por diversas equipes de assadores profissionais. Foi uma honra participar ao lado de todas estas feras!! (Roberto Barcellos, DeBetti Dry Aged, BBQ TOUR, Romulo Morente, Raul Fiuza, Diego Belda) Paula Labaki, Mário Portella, Roberto Ravioli, e muito mais!!!)

O melhoramento genético Nelore do Golias tem como foco a qualidade da carne: maciez, sabor e marmoreio, por isso o preparo da carne foi colocado em evidência.

O dia foi um sucesso, com mil pessoas aproveitando para conhecer de perto o trabalho de melhoramento da fazenda e degustando diversos cortes de animais Nelore de Golias.

Agradecemos à Lilica Teles de Menezes Almeida e ao Fabinho Almeida pelo convite e confiança em nosso trabalho!!

Agradecemos também ao Time Vila Beef!! Marcelo, Paulo e Marcia Whately (Vila Beef), Tiago Albuquerque (zootecnista, ABCZ), Gustavo Ribeiro (@berrantecom) e ao Gil e Gustavo, churrasqueiros de Uberaba que nos acompanharam.

18588663_10155354362913739_7299555730630785742_o

WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.01.49

Screen Shot 2017-05-23 at 12.13.4318595482_1586791124704776_2532995535447980799_o18527608_1342843695752840_7000931141042111744_n

WhatsApp Image 2017-05-21 at 16.18.09 WhatsApp Image 2017-05-21 at 16.18.14

WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.51

WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.01.51

WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.01.54 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.52 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.53 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.54 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.55 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.56 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.57 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.07.58 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.00 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.01 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.02 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.03 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.04 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.05 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.06 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.14 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.15 WhatsApp Image 2017-05-21 at 06.08.17


WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.01.57 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.02.09 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.02.13 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.02.15 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.02.47 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.02.49 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.07 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.12 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.15 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.33 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.34 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.35 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.36 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.38 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.44 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.03.50 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.06 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.08 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.11 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.14 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.17 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.04.18 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.05.21 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.05.31 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.05.36 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.05.41 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.05.45 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.55.29 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.55.41 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.55.44 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.55.46 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.55.57 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.56.00 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.56.03 WhatsApp Image 2017-05-21 at 09.56.12
18619954_10155365510348739_2427920009782078060_n 18527720_1342804859090057_2651259595141549241_n 18622171_1342804832423393_3183289826253276862_n 18519832_1342804825756727_2548379389387978880_n
18519888_1342865065750703_9088691356700255477_n

Vila Beef apoia manifesto #SomosdaCarne

Mostrar a importância da cadeia produtiva da carne bonina é objetivo da ação, presente na Agrishow 2017, por meio do Caminho do Boi

Screen Shot 2017-04-07 at 17.08.35

A boutique de carnes Vila Beef é uma das apoiadoras do manifesto #SomosdaCarne. A iniciativa, criada durante a InterCorte 2016 para ajudar no fortalecimento da cadeia produtiva da carne bovina, é um dos destaques do Caminho do Boi, projeto que será montado na Agrishow 2017, de 1º a 5 de maio, em Ribeirão Preto (SP).

O Caminho do Boi permitirá aos visitantes simular o trajeto realizado pelo animal de corte desde a fazenda até a mesa do consumidor. O objetivo é mostrar de maneira didática a importância da integração dos vários elos da cadeia produtiva para que se chegue à mesa do consumidor um alimento saudável, de qualidade, confiável, com respeito às pessoas e ao bem-estar animal, produzido com tecnologia e de forma sustentável.

“Nós da Vila Beef temos imensa preocupação com a qualidade e garantia de procedência de nossos produtos. Divulgar os cuidados necessários em cada elo da cadeia produtiva da carne bovina é de fundamental importância para que o consumidor conheça o que ele está comprando”, observou o zootecnista e empresário Marcelo Whately, proprietário da Vila Beef.

IMG_1657

17814448_1432895890106214_1626703267761190077_o

Professores da UNICAMP comentam operação Carne Fraca

Esta entrevista foi publicada no Portal Unicamp no dia 22/março.

Conhecemos muito bem o Prof. Dr. Sergio Pflanzer do Departamento de Engenharia de Alimentos da Universidade e admiramos seu conhecimento e competência em relação à Tecnologia de Carnes:

Professores da FEA esclarecem dúvidas sobre carnes

Em entrevista ao Portal Unicamp, os professores da Faculdade de Engenharia de Alimentos Marise Rodrigues Pollonio e Sérgio Bertelli Pflanzer, especialistas da área de carnes e derivados, abordam o processamento de carnes como mortadela e salsicha, entre outros alimentos. Esse é um assunto do momento e que tem preocupado o consumidor tanto no Brasil como no exterior, após a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na sexta-feira, dia 17. Os docentes da Unicamp destacam os investimentos da indústria no setor alimentício para garantir a qualidade dos produtos brasileiros nos procedimentos de processamento, as técnicas usadas pela indústria e também os aditivos alimentares permitidos por lei. Falam também sobre os riscos do consumo de produtos que estejam inadequados e fora das normas, conforme exigem os órgãos federais, e orientam o que se deve levar em conta na hora da escolha de alimentos processados. Veja a entrevista.

Portal Unicamp – A população pode ficar tranquila quanto aos procedimentos adotados na produção de carnes processadas no Brasil?
Marise Rodrigues Pollonio e Sérgio Bertelli Pflanzer – Sim. As indústrias brasileiras, principalmente aquelas com Inspeção Federal (SIF), investiram milhões de reais em tecnologias para desenvolverem novos produtos e processos, e com isso garantir a qualidade de seus produtos. A população não deve se preocupar e pode continuar consumindo seus produtos de preferência. Cada produto processado e os cortes cárneos passam por rigoroso controle de qualidade e atendem a especificações determinadas pelos regulamentos técnicos, nos quais estão descritos quais aditivos, ingredientes e matérias-primas podem ser utilizadas e, além disso, todas as temperaturas de prazo de validade envolvidas na comercialização.

Portal Unicamp – As técnicas usadas em termos de processamento de carnes são seguras?
Marise e Sérgio – Os processos tecnológicos utilizados pelas indústrias para obtenção de produtos cárneos são os mais variados possíveis, mas um dos principais é o tratamento térmico, ou seja, a etapa de cozimento. Esse tratamento, além de auxiliar no desenvolvimento das características dos produtos cárneos, garante a segurança para o consumo. Entre as técnicas, aparece também a utilização de outras barreiras para garantir a segurança, como os agentes conservantes. Esses agentes são aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e são utilizados dentro de limites muito bem especificados na legislação. Além do mais, as condições de armazenamento incluem refrigeração ou congelamento, o que minimiza ou evita completamente a deterioração ou contaminação por microrganismos que representam perigos à saúde do consumidor. Todas essas especificações estão estabelecidas no padrão de identidade dos produtos. Ainda, o tipo de embalagem e o processo (a vácuo ou não) completa a relação de itens que garante a segurança do produto. Enfatizamos que é muito importante conhecer a procedência do processador que, de forma muito simples, tem sua garantia quando o Serviço de Inspeção Federal faz parte das informações do rótulo.

Portal Unicamp – Quais são os aditivos usados pela indústria de alimentos processados permitidos por lei?
Marise e Sérgio – A Anvisa é a entidade responsável pela aprovação de uso dos aditivos alimentares, inclusive para carnes e seus derivados. Os aditivos podem ser classificados de acordo com sua funcionalidade. Uma das principais categorias é a dos conservantes, dos quais podemos citar o nitrito de sódio que, além de ajudar na conservação, auxilia no desenvolvimento da cor e sabor de produtos curados, como salsichas e presuntos. Outro grupo é o dos estabilizantes, destacando-se o uso dos fosfatos, que ajudam na retenção de água e melhoram a textura dos produtos cárneos. Temos também os antioxidantes, dos quais o eritorbato e ascorbato são os mais utilizados. Eles auxiliam nas reações de cura, contribuindo para acelerar o processo e para reduzir a formação de compostos indesejáveis à saúde. Outro aditivo ainda amplamente utilizado é o lactato de sódio, um regulador de acidez que contribui para a conservação, particularmente em produtos embutidos cozidos emulsionados, do tipo mortadela, salsicha etc.

Portal Unicamp – Quais os riscos que o consumidor corre ao ingerir carnes processadas de forma inadequada?
Marise e Sérgio – Temos que entender primeiro que tipo de inconformidade foi realizado. Quando se trata de uma irregularidade econômica, ou seja, utilizar um ingrediente que não estava previsto no Padrão de Identidade e Qualidade (PIQ), para baratear custos ou por conta de falta de uma matéria prima no mercado para balancear produtos e atender a legislação, trocando uma matéria prima pela outra (porém em bom estado sanitário), não haverá riscos à saúde do consumidor, do ponto de vista de ocorrência de doenças de origem alimentar e somente prejuízo financeiro. Pode ocorrer, no entanto, uma redução do valor nutricional. No caso de irregularidades sanitárias, como uso de matérias primas contaminadas, em estado de deterioração e um processamento térmico insuficiente para garantir a segurança, como, por exemplo, o subprocessamento térmico, em que a temperatura não foi capaz de inativar as bactérias, o produto pode trazer riscos ao consumidor. Os principais problemas podem variar de simples toxi-infecções alimentares, com possiblidade de vômito e diarreia, a doenças mais graves como intoxicações.No entanto, devido às ações da Inspeção Federal , de controles nas empresas comprometidas com a qualidade e a segurança, raramente ocorrem esses eventos.

Portal Unicamp – O que o consumidor deve levar em conta na hora da escolha de alimentos processados como mortadela, presunto, salsicha, entre outros?
Marise e Sérgio – Deve levar em conta três itens primordiais: selo de inspeção (sempre que possível o federal), temperatura de armazenamento resfriado e o prazo de validade. Depois disso, devem ser considerados apenas os atributos sensoriais, como o aspecto e coloração, além do aroma. A cor e o aroma devem ser típicos daquele produto, o qual deve ser livre de muco, também chamado de limosidade. Esse é um sinal de deterioração, mesmo que não seja patogênico. O produto então não deve ser consumido.

[Palestra] Vila Beef: pensando fora da caixa

No dia 29/out fizemos uma palestra no evento Out of the Box organizado pela empresa júnior de Zootecnia da FZEA-USP (Pirassununga-SP), a ZOOT JR.

13568765_279459302407124_2535665079565757605_o

O tema foi empreendedorismo e as palestras foram de casos de empresas de Zootecnistas e fomos convidados para apresentar a Vila Beef!!

whatsapp-image-2016-11-02-at-10-33-58

Assista aos slides com o áudio da palestra do Marcelo Whately apresentando a Vila Beef e nosso posicionamento.

BBQ Secrets, nova linha de carne

Atualizado em 21/nov/2016:

Confira alguns depoimentos de clientes que já experimentaram os cortes BBQ Secrets!!

14962687_1277641608977328_818294234778958528_n 14991869_1277642842310538_3312343422217547272_n

 

Publicado em 25/out/2016:

Há três anos nasceu a Vila Beef (out/2013) aqui em Ribeirão Preto com o objetivo de vender carne bovina com garantia de maciez e sabor. Nosso maior incentivo sempre foi vender carne de forma que nossos clientes pudessem comprar de olhos fechados.

Isto porque a carne bovina em geral é um dos únicos alimentos (senão o único) em que o consumidor compra sem saber se o produto estará satisfatório. Se estiver macia, “é sorte”, se estiver dura, “foi azar”.

Para nós, isto não pode acontecer. Acreditamos que a carne bovina é um produto nobre em diversos sentidos e deve ser comercializada da mesma forma.

Para isto, iniciamos o projeto Vila Beef junto com a Beef&Veal, empresa parceira e responsável pela produção de nossa carne. Desde as fazendas selecionando a matéria-prima, até a indústria garantindo o padrão do produto final. Faz um trabalho perfeito e consequentemente temos carne com a garantia que desejamos: satisfação (maciez e sabor) sempre!!

Em um novo trabalho, a Beef&Veal recentemente lançou uma linha de carne exclusiva para seus parceiros comercializarem, e já chegou aqui na Vila Beef!! É a linha BBQ Secrets: o mesmo padrão de qualidade de nossa carne com matéria-prima lapidada por seleção individual dos animais (com a utilização de ultrassom) e escolhidos os de nível de marmoreio e acabamento superiores, é a BBQ SECRETS!

Veja algumas fotos e venha garantir a sua para experimentar!