Fazenda francesa produz e vende em seu próprio açougue

clock25, outubro 2014

A fazenda Ferme de Grand’Maison fica perto de Trappes, 30km a oeste de Paris. Fomos e voltamos de Paris no mesmo dia, demora por volta de meia hora de trem, é bem perto.

Hoje estava aberta a visitas pois é parceira da Interbev, uma organização/associação pró-agronegócio francês. Eles têm o projeto La Viande (A Carne) e promovem o produto e sua produção para a população urbana. Todos os elos da cadeia produtiva tem sua participação no La Viande, é como se fosse o nosso brasileiro (falecido) SIC – Sistema de Informação da Carne. Uma bela iniciativa e muito triste que não perdurou.

A criação é de Blonde d’Aquitaine e vendem sua própria carne, muito interessante. Produzem carne e vitelo e têm um açougue na própria fazenda! Abatem o animal em frigorífico terceirizado, recebem os cortes embalados a vácuo e vendem na loja dentro da fazenda. Como fica na beira da estrada e muito perto de diversas vilas e cidades bem pequenas, os clientes vão até o açougue da fazenda sem problemas.

Abatem dois ou três animais a cada quinzena e o mix de vendas é bem inteligente. Os clientes compram pacotes fixos, e caso queiram algo adicional pagam separadamente. Há somente uma opção de mix para carne bovina e outra para vitelo, são diversos cortes vendidos por preço único (€14,30/kg) em uma caixa com 10kg.  Desta forma, a fazenda consegue vender grande parte da carcaça, e não só os cortes nobres. A carne suína também tem sua caixa e carne de cordeiro é vendida somente sob encomenda.

IMG_4976.JPG

IMG_4977.JPG

IMG_4978.JPG

IMG_4971.JPG

IMG_4987.JPG

IMG_4990.JPG

IMG_4989.JPG

IMG_4994.JPG

IMG_5001.JPG

IMG_5006.JPG

IMG_4996.JPG

IMG_4997.JPG

IMG_5023.JPG

IMG_5026.JPG

IMG_5061.JPG

IMG_5024.JPG

IMG_5046.JPG

IMG_5049.JPG

IMG_5056.JPG

IMG_5051.JPG

Para ler outras matérias de nossa viagem à Paris e à feira SIAL acesse aqui: http://vilabeef.com.br/category/sial-paris-out2014/

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone

Veja mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *