Qual a diferença entre Fraldinha e Bife do Vazio?

Esta é uma “Ponta de Agulha”, ou PA:

20423958_1637442926330526_2260922372895540418_o
Parte central da carcaça, entre o dianteiro e o traseiro, sem as vértebras e lombo (contra-filé).

São as oito últimas costelas e a região do vazio.

Fizemos este porcionamento para mostrar a vocês a diferença entre os cortes FRALDINHA e BIFE DO VAZIO.

Isto, não são os mesmos, são músculos diferentes.

A Fraldinha fica após a última costela, e o Bife do Vazio fica abaixo das costelas, separado, bem embaixo:

20414039_1637443042997181_5980205055730297303_o
O que confunde são as nomenclaturas: Fraldinha na Argentina é chamada de Vacío.

Aqui no Brasil o Bife do Vazio é pouco conhecido. É chamado também de “Pacú” ou “Aba da Costela”.

Na terceira foto, estão quatro músculos. Da esquerda para a direita: capa da fraldinha, fraldinha, bife do vazio e diafragma.

20369893_1637443112997174_296796870099441161_o
Agradecemos a consultoria técnica @rrbarcellos!🤝

O preço/kg do corte compensa? #carnebovina

Vejam só, uma peça de fraldinha comum por R$13,99/kg. Compramos uma num supermercado para avaliá-la. A data de validade estava em dia, para 20/06.

Primeiramente, a carne é de um frigorífico SIF, ou seja, apta para consumo humano. Qual outras garantias temos? Maciez? Sabor? Impossível de saber, sem garantias.

IMG_1616

A peça bruta pesava em torno de 1,6kg. A limpamos e adivinhe, a fraldinha digna de um churrasco (extra-limpa, ou “red meat”) pesou pouco mais de 700g, 56% de perda. Ou seja, na verdade o corte saiu 56% mais caro do que os R$13,99/kg.

Ao ajustarmos o preço descartando o que foi retirado da limpeza da peça, temos que esta fraldinha nos custou R$21,82/kg.

Podemos comparar a carne bovina comum com carne produzida exclusivamente para garantir suas características (origem, maciez, sabor, etc…)? Achamos que não. Como no café, temos diversas opções de qualidade: do commodity até os especiais chamados “gourmets“.

Na carne bovina também há opções.
IMG_1611 IMG_1612 IMG_1613 IMG_1614 IMG_1615
IMG_1617

Beef Experience XII – 08/abr – com Lagarto grelhado!

 

 

Chegamos à décima segunda Beef Experience nesta terça-feira, 08 de abril. Recebemos três casais bem legais e abertos a experimentarem cortes pouco tradicionais para serem preparados grelhados.

Inclusive, nos contaram que têm um grupo no aplicativo Whatsapp chamado Vila Beef, adoramos! Além dos três casais estão no grupo outros amigos que desejam conhecer este nosso evento.

Bom tivemos na mesa de aperitivo:

  • Salames espanhol e italiano
  • Salada de folhas com pastrami
  • Salada Caprese
  • Amêndoas temperadas (defumadas e com chili pepper)
  • Batata Pringles
  • Pães e vinagrete
  • Molhos BBQ e chimi-churri

Na grelha preparamos:

  • Peixinho
  • Brisket (peito bovino)
  • Fraldinha
  • Miolo da paleta
  • Linguiça tradicional e apimentada
  • Aspargos grelhado com molho robata
  • E Lagarto! Sim, Lagarto. Grelhamos o corte tradicional para Carpaccio ou para ser preparado na panela cozido ou na pressão. Ficou ótimo e foi aprovado pelo pessoal.

IMG_0821IMG_0820IMG_0830IMG_0836

IMG_0824IMG_0827IMG_0831IMG_0832  IMG_0825IMG_0826

IMG_0828IMG_0829IMG_0833

IMG_0834IMG_0835

Chambari bovino – você conhece esse corte?

 

Este corte foi encontrado em Colorado do Norte (vilarejo conhecido como “12”) no norte do Mato Grosso, do lado oeste do Rio Teles Pires na altura de Nova Canaã do Norte.

Um animal fornece inúmeros cortes de carne bovina e cada corte recebe nomenclaturas diferentes conforme a região geográfica. Por exemplo, a fraldinha é conhecida como “vazio” no sul do Brasil, e o coxão mole e duro são conhecidos como “chão de dentro” e “chão de fora” em Minas Gerais.

Este corte denominado “chambari” visualmente parece o Ossobuco, porém não sabemos se é dos membros dianteiros ou traseiros (ou todos).foto (4)