Peixinho Wellington, surpreenda-se

Filé Wellington é um prato muito tradicional feito com o filé mignon. Porém, tratando-se da carne Vila Beef, fizemos o prato com um corte chamado Peixinho, localizado na paleta bovina e pouco conhecido pelos consumidores brasileiros.

Como dizemos, garantimos a maciez e sabor de nossos cortes devido ao controle da produção de nossos animais e por isso fizemos esse Wellington com o peixinho, para provar o que falamos!

Resumidamente, o prato trata-se do corte selado na frigideira e temperado somente com sal e pimenta do reino moída. Depois a carne é enrolada em massa folhada com presunto tipo Parma, mostarda tipo Dijon e uma pasta de cogumelos frescos com alho.

Segue receita detalhada:

Ingredientes:

  • 01 Peixinho (aproximadamente 800g)
  • Sal e pimenta a gosto
  • 500g de cogumelos frescos
  • 02 dentes de alho
  • Tomilho
  • Mostarda Dijon
  • Presunto tipo Parma fatiado suficiente para envolver a peça de carne
  • 400g Massa folhada
  • 05 gemas de ovo
  • Manteiga ou azeite para selar a carne na frigideira

thumb_IMG_4652_1024

01) Selar a carne:

  • Tempere o peixinho com sal e pimenta e pimenta do reino;
  • Sele todos os lados da peça de carne em frigideira;
    • Selar rapidamente para não assar o interior da carne
  • Após selado, envolva toda a peça ainda quente com a mostarda.

thumb_IMG_4654_1024

thumb_IMG_4655_1024 thumb_IMG_4656_1024

02) Pasta de cogumelos frescos, alho e tomilho:

  • Corte grosseiramente os cogumelos e o alho
  • Com a ajuda de um processador, pique até formar um purê.
  • Em uma panela/frigideira a seco, seque o purê.
  • Quando a mistura estiver quase seca, adicione e misture um punhado das folhas de tomilho.

thumb_IMG_4657_1024 thumb_IMG_4659_1024 thumb_IMG_4660_1024

03) Enrolar a carne com o presunto:

  • Estique um filme de plástico numa superfície lisa;
  • Faça uma cama com as fatias do presunto;
    • Uma em cima da metade da outra para deixar uma camada sem furos.
  • Após a pasta de cogumelos esfriar, espalhe-a sobre a cama de presunto;
  • Enrole a carne dentro da cama de presunto com a pasta de cogumelos com a ajuda do filme plástico;
    • Não deixe o plástico enrolado com a carne, vá empurrando a carne com o auxílio do plástico e desgrudando-o conforme vai virando o peixinho.

thumb_IMG_4661_1024

*Para facilitar os passos seguintes, uma opção é deixar a carne enrolada no filme no freezer por 15 minutos para firmar toda a estrutura:
thumb_IMG_4662_1024

04) Enrolar a carne na massa folhada:

  • Ligue o forno para pré-aquecê-lo a 200oC;
  • Numa superfície lisa e com ajuda de um pouco de farinha de trigo, pressione a massa folhada com um rolo de massa deixando-a em um tamanho suficiente para enrolar a carne com o presunto;
  • Retire o filme plástico da carne;
  • Enrole a carne na massa folhada e vá pincelando a gema de ovo nas extremidades da massa (como uma cola);
  • Após uma volta, pincele a peça toda com as gemas de ovo.
  • Aguardar 5 minutos
  • Pincelar novamente a gema de ovo em toda a peça e levar ao forno pré-aquecido entre 180 e 200oC.
  • Deixar no forno por aproximadamente 30 minutos para a carne ficar mal passada.
  • Pronto!!
  • Caso queira ao ponto deixar 45 minutos tomando cuidado para não queimar a massa.

thumb_IMG_4663_1024 thumb_IMG_4664_1024 thumb_IMG_4666_1024 thumb_IMG_4667_1024 thumb_IMG_4669_1024
thumb_IMG_4671_1024

[Receita] Peito bovino (Brisket), por João Queiroz

Nosso amigo pecuarista e cozinheiro João Queiroz iniciou uma coluna no blog gastronômico Dedo de Moça chamada “Corte de segunda, carne de primeira”. O primeiro post foi sobre o peito bovino (brisket), corte que valorizamos muito aqui na Vila Beef tamanho o prazer que temos ao degustá-lo.

João é um belo apreciador de carnes em geral, e por isso também valoriza cortes pouco conhecidos e sub-aproveitados aqui no Brasil: não existe carne de segunda, apenas chefs de segunda.

Sua primeira publicação na coluna foi sobre o peito bovino, ou brisket:

Vamos começar com o peito (brisket), que é meu corte preferido! Essa carne tem excelente sabor e textura por causa da alta quantidade da gordura. O peito aguenta um período longo no fogo sem ressecar e é assim que vamos prepará-lo: bem suculento! 

01

Ingredientes:

1 peça de peito (entre 4 e 5kg)
2 litros de suco de maçã (ou de romã)
Sal e pimenta do reino a gosto
Papel alumínio.

Modo de Preparo:

1. Tempere o peito com sal e pimenta, fazendo uma camada uniforme de ambos os lados e reserve.

2. Enquanto isso acenda a churrasqueira e deixe esquentar.

3. Quando a churrasqueira estiver quente, coloque a carne com a gordura virada para cima e pincele o suco de maçã. Coloque ao lado do peito uma tigela com água para que a carne fique umedecida.

4. Tampe a churrasqueira (se não tiver tampa coloque uma assadeira cobrindo a peça e a tigela com água). Durante esse tempo, se perceber que a peça secou, você pode irrigá-la novamente com o suco.

5. Após 10-15 minutos, vire o lado da carne, dessa vez com a gordura para baixo, e repita o processo pincelando o suco. Fique atento pois a gordura pode pingar na churrasqueira e a peça pegar fogo. Se isso ocorrer vire a carne novamente, pincele mais suco e vire-a de volta.

6. Depois deste processo, você vai perceber que a peça deu uma sensível diminuída de tamanho, o que quer dizer que ela já está bem selada e já é hora de embrulhá-la. Tire-a da churrasqueira e espere uns 3 minutos para era esfrie um pouco.

7. Assim que você conseguir segurar a carne com a mão, coloque-a em cima de uma folhar de alumínio, pincele mais uma vez o suco na carne (pode caprichar!) e enrole bem enrolado com o papel alumínio (no mínimo 2 camadas).

8. Volte a carne envolvida no papel alumínio para a churrasqueira, na prateleira mais alta (onde bate menos fogo).

9. Deixe por mais 2-3h. Retire a carne do fogo e desembrulhe. Deixe descansar por 5 minutos antes de fatiá-la.

obs: você também pode fazer essa delícia no forno!

Paleta de cordeiro desossada [Receita]

Neste último sábado 24/out fizemos uma degustação de paleta de cordeiro, com duas receitas!

Aqui segue a nossa, da paleta desossada:

*Esta fazemos sob encomenda!!

IMG_1741

(Para 2 paletas, dobrar a quantidade)

Colocar uma paleta para marinar por 24 horas em uma vasilha com:

– 2 a 3 talos de salsão picado.

– 2 Cebolas medias picadas.

– Alecrim (01 ramo do tamanho da paleta) picado.

– Hortelã picada: 10 folhas.

-Alho amassado com casca, 6 dentes.

– Meia garrafa de vinho branco seco.

– 2 tabletes de caldo de galinha italiano.

-Cobrir com água.

– Acertar o sal.

Depois de marinado, tirar a paleta do caldo e colocar em uma assadeira.

Cobrir o fundo da assadeira com o caldo da marinada.

Fechar bem a assadeira com papel alumínio vedando e colocar no forno por 4 horas para assar a 180ºC.

Depois de assado por 4 horas a paleta a carne estará soltando do osso.

Tirar os ossos com cuidado para não desmanchar a peça.

Para finalizar, pincele a paleta com manteiga sem sal e ervas bem picadinhas e coloque no grill aproximadamente 10 minutos para dourar.

Está pronta para servir.

 

Também há a receita da paleta preparada pelo Alexandre Mourani, cliente e amigo:

PALETA DE CORDEIRO AO FORNO [RECEITA] 

Paleta de cordeiro ao forno [Receita]

Segue receita da paleta de cordeiro que fizemos degustação neste sábado 24/out.

Para ver como foi o evento, clique aqui!

Paleta de cordeiro, simplesmente 👏👏👏👏👏👏👏@alexandremourani #severainvestimentos

Um vídeo publicado por Vila Beef (@vilabeef) em

Ingredientes:
1 Paleta de Cordeiro da Vila Beef  =)
250 mL de vinho Branco Chardonnay
1 Colher de Sopa de Purê de tomate
1 Ramo de Tomilho
1 Folha de Louro
4 Dentes de alho
2 Cenouras
2 Cebolas
2 Tomates Europeu
20 Azeitonas Gregas
2 Colheres de Sopa de Azeite, Sal e Pimenta do reino

Preparo:
Dourar a paleta no azeite em uma frigideira e reservar.
Na mesma frigideira cozinhar as cebolas, as cenouras, os alhos e os tomates.
Misturar o vinho branco com o purê de tomate (tomate pelati).
Colocar a paleta em uma caçarola com a mistura do vinho e molho do tomate, acrescentar o louro, o tomilho e cobrir com os legumes cozidos.
Pré-aquecer o forno, na metade do tempo colocar as azeitonas e em uma temperatura baixa cozinhar por até 7 horas colocando um pouco de água se necessário, ou 2:30 em fogo médio 160 oC.

* Receita opcional (misturar vinho tinto ao branco e ou pimenta dedo de moça se quiser picante)

Pernil de Javali: receita!!

Receita do chef Kenzo Gastronomia e Fotografia, pernil da Cerrado Carnes.

  • Fure o pernil com algum utensílio como um espeto e tempere com alho, sal e pimenta do reino.
  • Cubra a peça com um filme plástico e deixa na geladeira por umas quatro horas.
  • Pré-aqueça o forno em 220oC
  • Embrulhe o pernil temperado em papel alumínio em uma assadeira e asse por duas horas.
  • Retire o papel alumínio e deixe assar por mais uma hora até dourar!

Esta receita serve praticamente para qualquer tipo de pernil! Suíno e de cordeiro por exemplo…

12032055_1096123113754571_4628721473003685044_n