Treinando a afiar facas! Veja como ficou

clock15, setembro 2015

Após o III Sábado Cuteleiro que realizamos neste sábado passado (veja aqui) treinamos em uma faca de testes aqui. Veja como ficou afiada, de depilar!!

2015-09-14 23.13.29

Na foto acima estão os materiais que utilizamos para afiar:

  • Pedra grossa (cinza, ao centro): para o início da afiação.
    • É a pedra mais comum que encontramos por aí. Ela tem duas texturas, porém as duas bem grosseiras, de numeração entre 120 e 400. Esta numeração indica o poder de abrasão da pedra. Quanto menor o número, mais a pedra desgasta a lâmina. Estas pedras grossas são suficientes para o uso comum de facas e canivetes.
  • Pedra média/fina (amarela e vermelha): esta já é de granulometria mais refinada (1000 e 6000) para dar acabamento à afiação. Em facas com fio muito desgastado ou grosso, este tipo de pedra é insuficiente, pois é preciso desgastar grosseiramente para depois usar uma pedra fina.
  • Suporte para a pedra (ao fundo): este é importante para fixar a pedra e facilitar o trabalho.
  • A faca de teste. Esta foi aposentada e escolhida como cobaia, as pessoas podem treinar com ela a vontade pois não será mais usada com alimento.
  • O tomate: a casca do tomate tem uma resistência ao corte muito interessante. Usamos para avaliar como está a afiação. Ao passar a lâmina pela casca sem força nenhuma, somente com seu peso, e a lâmina ultrapassar (cortar) a casca, a faca está afiada. Quando a faca não está afiada, ao cortar um tomate acabamos amassando-o mais do que o cortando rsrs…

Veja como ficou a faca teste depois de nossa afiação!!!

 

Parece que ficou boa!! Foi a do treino de ontem 🔪🔪🔪💪💪💪😀😀 #cutelaria #facas #cutlery

Um vídeo publicado por Vila Beef (@vilabeef) em

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Email this to someone

Veja mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *