Visita em açougues de São Paulo #CarnedeAaZ 15

clock11, outubro 2014

No dias 22 e 23/set fui à São Paulo para visitar novamente alguns açougues que já conhecia e também ir conhecer outras lojas novas. Foi bem interessante.

Um dos que já conhecia é o Açougue Santa Bárbara (Morumbi). A casa tem trinta anos de história! Fui conversar com o Rafael, jovem sucessor da empresa. É impressionante o volume e tipos de carne comercializado por eles, muita coisa. Para dar um exemplo, de contra-filé (bife de chorizo) para churrasco havia cinco tipos, todos na casa dos R$70,00 e R$80,00/kg. De procedências diferentes, tipo animal diferentes, nutrição dos animais diferentes, e por incrível que pareça, o Rafael disse: tem cliente que está escolhendo carne como escolhe vinho. Ou seja, o consumidor está avaliando a história do produto, como o animal foi criado, de onde vem, e por incrível que pareça sabores e aromas diferentes de cada carne. O Rafael já está até fazendo e vendendo carne maturada a seco, o Dry Age. Por outro lado, o Santa Bárbara é muito forte também na carne do dia-a-dia. Aliás, a casa nasceu e cresceu com este propósito e esta demanda específica por carne grill está sendo aproveitada.

Fui novamente na Feed (Itaim) também, a mais moderna casa de carnes do Brasil. A loja parece uma Apple Store, muito bonita e enorme. Praticamente só vendem carne bovina, pois têm a filosofia “do campo ao prato”, a produção e fornecimento da carne deles é exclusiva. A loja pode intimidar, porém os preços estão dentro do aceitável para estes produtos especiais.

Entre as novas lojas, fui na The Butcher (Pinheiros) e no Talho (Alto de Pinheiros). Bem diferentes as duas. A The Butcher é bem moderna, fruto de investimento de seus sócios, aparentemente um setor de negócio novo para eles. Estão avaliando fornecedores e inclusive começaram com um fornecimento direto do campo também, direto de uma fazenda, muito legal. Fui muito bem recebido pelo Leon, conversamos bastante e acredito que conversaremos mais.

Já o Talho tem uma filosofia bem diferente destas novas casas atuais, ele quis resgatar o açougue tradicional, com estrutura de desossa e tudo! A loja é linda também, com balcão refrigerado tradicional de açougue. Ao contrário do The Butcher, o proprietário já tinha experiência no setor de carnes. O mais interessante que vi lá conversando com o Leonardo foi sua venda de carne para o dia-a-dia. Estas novas lojas em geral têm apelo para churrasco, e o Talho conseguiu explorar o mercado do dia-a-dia, o que lhe garante um movimento bem maior durante a semana toda e não só no fim de semana, dias tradicionais de churrasco.

Dei uma passada rápida também no showroom da Beef Passion (Vila Buarque). Showroom pois não é uma empresa varejista, a empresa tem o foco no food service. Esta loja vende sim para quem for lá, tem alguns produtos no mostruário, e confesso, é uma baita loja, linda também. Segundo o vendedor a produção dos animais é deles também, importam sêmen de Angus australiano e Wagyu direto do Japão, são os dois produtos que vendem. Preço nas alturas.

Por último, fui na A Queijaria. Uma loja novíssima de queijos nacionais, vindos direto dos produtores. Muito diferente. O proprietário viaja o Brasil todo procurando os melhores queijos para trazer à loja de SP. Um belo projeto. Queijos feitos por pequenos produtores, produção bem pequena, unidades por dia! É muito legal ver esta busca dos consumidores pela origem dos alimentos. É comum para quem tem relação com o campo, mas em plena capital paulista, a população não conhece o campo! E isto é prazeroso de se ver.

*Este texto é sobre nossa coluna “Carne de A a Z” do dia 23/set no Programa Terceira Via na RádioBandeirantes AM 1270 Ribeirão Preto. A coluna vai ao ar às terças e quintas-feiras e o programa é diário de segunda a sexta das 18h00 às 19h00. O programa é transmitido ao vivo também pelo app (iTunes ou Android) e pelo endereço http://www.programaterceiravia.com/radio.

Para ler todos as colunas, basta acessar aqui: http://vilabeef.com.br/category/carne-de-a-a-z-coluna/

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn3Email this to someone

Veja mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *